segunda-feira, setembro 20, 2021
Home Notícias Táxi-aéreo elétrico completa voo de 240 km nos EUA

Táxi-aéreo elétrico completa voo de 240 km nos EUA

0

A empresa norte-americana Joby Aviation anunciou nesta terça-feira (27) que atingiu um novo marco no desenvolvimento de sua aeronave elétrica, que completou um percurso de 240 quilômetros com apenas uma carga de suas baterias.

Recentemente adquirida pela divisão de táxi aéreo do Uber, a Joby espera iniciar a operação de serviço comercial já em 2024. Sua aeronave, também chamada Joby, tem seis rotores e se parece com uma mistura de um helicóptero e um avião. Ela é capaz de decolar e pousar verticalmente e transporta um piloto e até cinco passageiros.

Mas durante o teste, como mostrado no vídeo acima, ela foi controlada remotamente como um drone. Além disso, o trajeto não foi realizado em linha reta: em vez disso, a Joby deu 11 voltas em um “circuito” circular com 22 quilômetros de diâmetro, completando o teste em 1 hora e 17 minutos.

O objetivo é dissipar preocupações sobre a autonomia da aeronave, resultantes da tecnologia atual de baterias. Hoje, um quilo de combustível de aviação tem 43 vezes mais energia do que uma bateria com o mesmo peso.

O segredo da Joby Aviation é uma formulação especial para a bateria. O desenvolvimento do sistema de propulsão e eletrônica da aeronave é liderado por Jon Wagner, que anteriormente foi o líder de engenharia de baterias na Tesla.

Após testes internos, selecionamos um cátodo 811 NMC e um ânodo de grafite para fornecer a melhor relação entre a energia necessária para voar por 240 km, a energia necessária para decoalr e pousar verticalmente e o ciclo de vida necessário para oferecer um serviço a preços acessíveis. Demonstramos em laboratório que esta bateria é capaz de sustentar mais de 10 mil de nossos ciclos nominais de voo”, disse a empresa.

“Conseguimos algo que muitos acreditavam ser impossível com a tecnologia de baterias de hoje”, disse JoeBen Virt, fundador e CEO da Joby. “Ao fazer isto, demos o primeiro passo rumo a transformar viagens convenientes e sem emissões entre lugares como San Francisco e Lake Tahoe, Houston e Austin ou Los Angeles e San Diego em uma realidade diária”, completou.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezessete + 13 =