Home Notícias Golpe do Pix: Prevenção inclui 2º celular, botão do pânico e ‘amigo...

Golpe do Pix: Prevenção inclui 2º celular, botão do pânico e ‘amigo autenticador’

0

Ao menos em São Paulo, explodiu o número de ações violentas de criminosos envolvendo a ferramenta — a Polícia Civil já chama a ação de praga.

As vítimas, geralmente mantidas sob a mira de um revólver ou outra grave ameaça, são obrigadas a transferir dinheiro para as quadrilhas via Pix, usando para isso os aplicativos de banco instalados em seus aparelhos celulares.

Apesar de essa ser uma questão, primordialmente, de segurança pública, o Banco Central anunciou no dia 27 a adoção de medidas de restrição ao Pix, atendendo a um pleito dos bancos, com o objetivo de tentar desestimular os crimes.

Entre outras medidas, estabeleceu-se teto de transferência de R$ 1.000 das 20h às 6h para operações em canais digitais com pix e TED.

Também há possibilidade de o usuário cadastrar contas que podem receber valores mais altos do que o limite geral. Pedidos de alteração desses tetos só serão aceitos 24 horas depois da solicitação.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × três =