Home Notícias Fim do Internet Explorer: navegador será descontinuado nesta semana

Fim do Internet Explorer: navegador será descontinuado nesta semana

0
Fim do suporte afeta usuários do Windows 10, que serão redirecionados ao Edge ao clicar no atalho do navegador; Microsoft já havia comunicado encerramento em maio de 2021

Após quase 27 anos de existência, o Internet Explorer será oficialmente descontinuado nesta quarta-feira (15). A partir desta data, o IE 11, última versão do navegador, deixará de ter suporte no Windows 10 . Ao clicarem nos atalhos do navegador, os usuários serão direcionados ao Microsoft Edge, atual browser padrão do Windows 11 que usa o mesmo motor do Google Chrome. Vale lembrar que a Microsoft anunciou o fim do navegador em maio do ano passado. Antes disso, porém, as aplicações online do Office 365 já haviam parado de funcionar no Internet Explorer.

A principal justificativa da empresa para encerrar o Internet Explorer é oferecer uma melhor experiência de uso com o Edge e disponibilizar uma plataforma compatível com sites e aplicações modernas. Isso inclui a segurança de navegação, já que o browser lançado em 2015 oferece maior proteção contra ataques de phishing e malware.

Internet Explorer perde suporte no Windows 10 a partir de quarta-feira, dia 15 — Foto: TechTudo

Internet Explorer perde suporte no Windows 10 a partir de quarta-feira, dia 15 — Foto: TechTudo

Segundo a própria companhia, o Microsoft Edge também é mais rápido para corrigir vulnerabilidades. O navegador do Windows 11 consegue entregar patches de segurança em dias, ou até mesmo horas, enquanto o Internet Explorer 11 entrega as atualizações mensalmente.

Para compatibilizar com IE, o Edge traz o modo Internet Explorer, que oferece suporte a sites e aplicações baseadas no antigo browser, como controles ActiveX. Para ativá-lo, basta entrar nas configurações do Microsoft Edge, clicar em “Navegador Padrão” e, no campo “Permitir que sites sejam carregados no modo Internet Explorer“, selecionar “Permitir”.

Modo Internet Explorer no Microsoft Edge  — Foto: Reprodução/Raquel Freire

Modo Internet Explorer no Microsoft Edge — Foto: Reprodução/Raquel Freire

A descontinuidade do navegador, entretanto, não acontece em todas as versões do Windows ao mesmo tempo. Por enquanto, os afetados serão os usuários finais do Windows 10, que usam o sistema operacional em aparelhos domésticos. A partir de quarta-feira (15), essas pessoas serão redirecionadas ao Microsoft Edge ao clicarem nos atalhos do Internet Explorer.

O suporte continua para os Windows 7, 8, 8.1 e Server. Além destas, as versões do Windows 10 Enterprise LTSC e Enterprise IoT LTSC também não serão afetadas. A maior parte dos sistemas, porém, perderá o Internet Explorer até 2023 — em algumas versões, o navegador permanece vivo até 2029. A página atual de download do IE 11 só permite baixar o programa no Windows 7.

História de pioneirismo

O Internet Explorer foi lançado em agosto de 1995, no também histórico Windows 95. Em pouco tempo, o IE se transformou no principal navegador do mundo. Entre 2002 e 2003 — ou seja, menos de 10 anos após seu surgimento —, o browser era usado por 95% dos computadores no mercado.

A supremacia continuou por muitos anos. Em 2010, a ferramenta ainda era a mais usada do mundo, com 59,9% de mercado. O segundo e o terceiro colocados eram Firefox e Chrome, com 24,5% e 6,7%, respectivamente.

Mas a partir de 2011, a queda foi vertiginosa. A entrada do Safari e a consolidação do Chrome, navegadores que cresceram muito com a popularização dos celulares, ajudou neste processo.

Por Techtudo Com informações de Microsoft (123), BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três + 5 =